Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Silêncio...

O Silêncio está em mim.
E é bom que seja assim...
Porque o que busco,
Não é Nem compreensão,
Nem aceitação...
Busco apenas segurança...
A minha segurança.
O meu encontro...
E em momento algum qualquer julgamento,
Nem opinião...

O silêncio que está em mim...
Me fala da solidão...
Mostra-me sua doce face...
Me ensina da compaixão...
Com ele ouço o mundo,
E me ouço.
Mas eu não ouço vozes...
Ouço sentimentos.
Aprendi a ouvi-los e respeitá-los,
Com o silêncio que está em mim.

E neste silêncio que sou...
Carrego a calmaria e o vulcão...
Sem paradoxos, nem exclusões...

Neste silêncio...
Na liberdade que me dou...
Ouvir-me e ouvir o que quer que seja que eu escolha...
Qualquer palavra proferida ou calada...
Tem a força do silêncio que está em mim.
E carrega a calmaria e o vulcão.
Sem paradoxos, nem exclusões.
Sem arrependimento, ou culpa,
nem justificativas...

Afinal porque eu deveria justificar o silêncio que sou???
A mim, ele não incomoda...
Ao contrário, me constrói, nutre, sustenta.
Valeria Trindade
Enviado por Valeria Trindade em 18/09/2007
Código do texto: T657402
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valeria Trindade
Londrina - Paraná - Brasil, 49 anos
141 textos (25783 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 13:49)