Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Shalom

Ladeiam-me sonhos de paz
Cândidas pombas observo
No coração amor não fulgaz
A bandeira da guerra enterro

Quero a paz dos monges
Contemplando horizontes
Eu sigo nesse lindo ideal
Gotas de um mundo irreal?

O vento traz uma canção
Com melodia em sustenido
Gaitando acordes, emoção!
Bel-sinfonia ao meu ouvido

Paz-de-alma é o que desejo
Fecho-me em copas de silêncio
Envolto a brumas e espelho
Vejo o gérmen como incenso

Molduras que migram da mente
Saltando aos olhos cristalinos
Como pássaros em seus ninhos
Ou o tear da renda cearense

Povos que não cessam de Lutar
Derramando sangue inocente
Vozes que emudecem friamente
Filhos órfãos, Famílias sem Lar

Façamos da Paz uma constante
Onde anjos transitam na aurécia
Pois, há tardes pálidas fumegantes
Gritam autistas, louvando a inércia

A paz não tem fronteiras
Sejas dela um fiel embaixador
Construa suas trincheiras
Brades, pedindo paz e amor.

Enquanto é tempo; Shalom!


Esau Saint Marie
Enviado por Esau Saint Marie em 24/09/2007
Reeditado em 18/08/2009
Código do texto: T667021

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Esau Saint Marie
Imperatriz - Maranhão - Brasil, 50 anos
55 textos (2363 leituras)
15 áudios (594 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 13:16)
Esau Saint Marie