Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sarajevo


Ao final de um grito surdo
Permanece o silêncio da amargura
De corações que choram
A dor que lhes perfura

O silêncio de um grito posto em toda gente
Escondido na maquilagem social
Dos povos do mundo que sentem
Mas que continuam a levar suas vidas com algum ideal 
Que está atrás dos olhos, que mentem

Ao final de um grito mudo
Permanece a fala dos indigentes
Que sofrem pela dor dos seus parentes
E o horror churdo
Com que vivem e morrem os inocentes

Ao final da explosão tudo se torna nada
E os propósitos idealistas da humanidade maquilada
Se assumem no pó das cinzas de inúmeras casas
E no pó que embeleza tantas outras caras

Ao final de um grito vulgo
Permanece a dor contundente
De quem fala de humanidade sem esperança
E fala da indignidade com relevância

Ao final de uma grande explosão
Morre a fé e a comunhão
Mas não morre a futilidade do mundo
Ao final de um grito mudo
Que clama por um minuto de silêncio e atenção!

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Não é possível que aceitemos a guerra! Não é possível que aceitemos que vidas morram pelo petróleo, pela posse de terras, por diferenças religiosas, nem pela imposição do poder sobre nenhuma terra! Bush é um criminoso como são criminosos todos aqueles que por algum motivo acharam que dizimar vidas resolveria as diferenças entre países, entre as nações... Viemos ao mundo e nele habitamos, por muito tempo, sem que nada fosse de ninguém! Agora, quase tudo que nele há é de alguém. Lutemos então para garantir que o único direito que ainda é realmente nosso (a vida) não nos seja tirado, como está sendo tirado o de nossos irmãos que sofrem com a Guerra! Este poema é para as vítimas da guerra na Bósnia e para as vítimas de todas as guerras, ( a mais recente: Iraque - Comandada por George W. Bush ) além de ser para aqueles que pensam em fazer guerra e para os que indignadamente não concordam!

Vídeo escolhido para este texto:
http://br.youtube.com/watch?v=w65e_SAXWBQ
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ulrich Hinteseher
Enviado por Ulrich Hinteseher em 01/10/2007
Reeditado em 01/10/2007
Código do texto: T675538

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ulrich Hinteseher
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
163 textos (22318 leituras)
7 áudios (3433 audições)
7 e-livros (336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 22:58)
Ulrich Hinteseher