Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOM DO VIOLINO





Sentei-me lentamente no sofá da sala,
fechei então os olhos e, lépido, viajei,
alcancei distâncias não imaginadas,
mesmo viajando,  na sala  eu fiquei.

Eu  viajei distante ao  som do violino,
a música  que ouvia regia  a sinfonia;
meu corpo parado, estava ali sentado,
meu espírito viajava onde ninguém ia.

E quando terminou o som que eu escutava,
meu  corpo respirava, suave,  lentamente
o espírito retornou e bem calmo se alojou,
num corpo agora calmo e se completou.


17-11-07-VEM
Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 17/11/2007
Reeditado em 14/08/2008
Código do texto: T741187
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (111950 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 20:03)
Vanderleis Maia