Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Água

Letras úmidas escorrem no papel:
um hidropoema se concretiza gelo,
metamorfoseado em iceberg lúdico;
A Natureza bebe poesia mansa
Nas marés que banham as planícies;
Árvores-naus singram as florestas
encharcadas pelas monções edificantes
e aportam seguras em terras oníricas;
Angélicos pescadores de ilusão
absorvem luz,
adornam-se de luar,
aceitam a sina:
Os peixes são poetas do Planeta Água.
Nel de Moraes
Enviado por Nel de Moraes em 01/12/2005
Reeditado em 09/12/2005
Código do texto: T79677

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site www.neldemoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nel de Moraes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
407 textos (351738 leituras)
2 e-livros (297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:16)
Nel de Moraes