Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARMAS


Vidas com armas,
Esperanças frustradas,
Tentativas desabam,
A harmonia encantada.

Armas sem almas,
Sem consciência, sem calma,
Sem digital, sem a palma,
Sem pudor, e com traumas.

Traumas da inocência,
Que retira a consciência,
Da infância decadência.

Talvez fosse circunstância,
Se não houvesse arrogância,
De autoridades, distância.

Armas que desarma,
O tolerante pacífico,
A exaustão do seu físico,
Será sinônimo de culpa ?
Será pecado político ?
Eu devo, e vou repetir,
Sou consciente, sou crítico.

Carlos Mambucaba
Enviado por Carlos Mambucaba em 16/01/2006
Reeditado em 05/05/2006
Código do texto: T99770
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Carlos de Almeida). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Mambucaba
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
484 textos (39315 leituras)
60 áudios (6885 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:30)
Carlos Mambucaba