Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade, saudade: vento que vai e vem

Saudade, vem e entra sem pedir licença.
Angustia nossas almas, em instantes
Umedece nossos olhos em rompantes
De lágrimas ardentes, pela lembrança
Ateada de tempos idos, distantes...,
Dos amores findos, dos sonhos..., da crença
Em um mundo igual, sem guerras mutilantes,
Sórdidas ambições ou qualquer doença.
Ah, saudade...teu nome sem tradução
Universal, a hora e idades ignora,
Desdenhas sexo, raça, religião,
Aloja-se neste coração, que chora
Dias queridos e soturnos vividos.
Em vento que vai e vem...diz: estamos vivos.
Regina SantAnna
Enviado por Regina SantAnna em 22/01/2006
Código do texto: T102265
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Regina SantAnna
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
24 textos (1397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:46)
Regina SantAnna