Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tormenta


A enxurrada me leva a esmo
Retira de mim a calma
E encharca minha alma
Nesse rio de desespero

Estou roubado de mim mesmo
Meu chão não mais existe
Meu mundo agora é triste
Destrói-me esse flagelo

Essa tormenta incessante
Enche meu peito de mágoas
Esse turbilhão de águas
Leva-me aonde não quero

Arrastam-me essas vagas
Não respeitam meu querer
Meu querer é te ter
Você e eu: meu anelo

Flávio Sant'Ana Lopes
04/08/2005
Flávio Sant Ana Lopes
Enviado por Flávio Sant Ana Lopes em 25/01/2006
Código do texto: T103658
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Flávio Sant Ana Lopes
Vilhena - Rondônia - Brasil, 44 anos
45 textos (2566 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 11:05)
Flávio Sant Ana Lopes