Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prosa em Verso


Hoje tive vontade de escrever pra você. Eu estava bem.
Não sentia mais sua falta.

Nem me lembro quando foi a última vez que eu me senti tão leve. Acho até que estou feliz. É isso. Estou feliz.
É bom não sentir sua falta.

Não consigo escrever poesia. Nenhum verso me vem à mente. Minha inspiração não está em mim. Acho que eu escrevia apenas minha dor e hoje não está doendo. Hoje estou sereno.
Mas, sabe, acho que sinto sua falta.

Resolvi sair um pouco. Andei a esmo pela rua. Senti o sol queimar minha pele. Então me dei conta de que ele sempre esteve ali, mas eu não o notava havia já bastante tempo.
É. Estou, sim, sentindo sua falta.

Enquanto caminhava, meu pensamento me levou a tempos que já foram hoje, mas que hoje são passado.
Deixei-me ser transportado
Agora me vejo ao teu lado
Novamente apaixonado
E continuo a sentir sua falta

E fiquei nesse estado de graça
Com alma e corpo entorpecidos
Em lembranças perdido
Não vi o tempo passar
Ainda estava andando na rua
Mas o sol deu lugar à lua
Que parecia não querer brilhar
Como sinto sua falta

Tentei voltar pra casa
Não encontrei o caminho
Encontrei apenas espinhos
Já não me sinto tão leve
E a minha felicidade
Mera efemeridade
Resolveu me abandonar
Sou obrigado a parar
Não quero mais escrever
Agora sinto doer
Ah! Como dói a sua falta!

Flávio Sant'Ana Lopes
11/08/2005
Flávio Sant Ana Lopes
Enviado por Flávio Sant Ana Lopes em 25/01/2006
Código do texto: T103664
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Flávio Sant Ana Lopes
Vilhena - Rondônia - Brasil, 44 anos
45 textos (2566 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:49)
Flávio Sant Ana Lopes