Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dependência

Madrugada alta
Você faz tamanha falta
Que não suporto os sintomas
Dessa crise de abstinência
Que me causa a tua ausência

Preciso beber outra vez
Entorpecer-me com a embriaguez
Que você me proporciona
Avivar memórias rotas
Sorver você até a última gota

Minha alma agora geme
E enquanto meus dedos tremem
Uma fraqueza me assoma
Meu corpo está todo mole
Cadê você? Preciso de outro gole

Então, num momento infeliz
Você olha pra mim e diz
Ei! Me bebe, me toma
Tento sair mas não saio
E bebo tanto que caio

Assumo, então, minha falência
E a minha dependência
Não quero sair desse coma
Sou viciado em você
Vem logo pra mim, pra eu poder te beber

Flávio Sant’Ana Lopes
09/09/2005
Flávio Sant Ana Lopes
Enviado por Flávio Sant Ana Lopes em 25/01/2006
Reeditado em 30/06/2006
Código do texto: T103682
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Flávio Sant Ana Lopes
Vilhena - Rondônia - Brasil, 44 anos
45 textos (2566 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:42)
Flávio Sant Ana Lopes