Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desalento


Ando desanimado
Não sei se é cansaço
Ou a falta do teu abraço
Talvez ambos
Porque estou cansado
De tanto não te ver
Estou cansado de estar cansado
E de estar nesse quarto trancado
Sem janela, sem porta
Cultivando uma esperança morta
Estou cansado
De tanto não ouvir tua voz
E de tanto lembrar que você e eu não somos nós
Estou cansado de viver esse presente
Que tornou-se tão diferente
Do que imaginei no passado
E que me faz ter medo do futuro
Porque sem você ao meu lado
O futuro fica sombrio
Não passa de um lugar vazio
Onde tudo é frio
E escuro

Flávio Sant'Ana Lopes
19/10/2005
Flávio Sant Ana Lopes
Enviado por Flávio Sant Ana Lopes em 25/01/2006
Código do texto: T103701
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Flávio Sant Ana Lopes
Vilhena - Rondônia - Brasil, 44 anos
45 textos (2566 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:45)
Flávio Sant Ana Lopes