Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VOLTA Á POESIA

Parei de escrever por uns dias.
 Longos dias esses, intermináveis.
Até parece que me foi “roubado” esse dom que acredito ter e  que muitos julgam que possuo o dom de escrever.
Meu estudo é pouco, agora já posso dizer.
Eu parei por muitos anos a arte de aprender.
 Mais dentro do peito lá bem próximo a razão, juntinho dos sonhos e das ilusões eu guardava uma esperança de um dia escrever para uma nação, não a nação brasileira ou outra qualquer nação, mas escrever para um poeta, um autor, um conhecedor da arte que impregna no meu coração.
E como fui abençoada, tive essa experiência realizada.
Encontrei um poeta nato que não gosta de muito escrever mais conhece como poucos a arte de entender.
Questão dos amantes, dos apaixonados, dos tímidos, dos solitários que procuram esconder-se!
Ah! Amigos poetas, amigos da escravidão!
Escravos de nós mesmos,
Presos nas amarras do coração!
Poetas que cantam que encantam,
Que fazem declamação,
Seja ela com rima ou sem rima,
Seja ela música, arranjo ou composição!
Poetas seus nomes estão marcados
Nas páginas da emoção!
Voltei pra rever os apertos que circundam nessa união!
Falando as verdades, escondidas nesse velho coração.

(Gomes, Martiniana)

Araripina-PE, 23/12/2004 ás 02h18min

Martiniana Gomes Silva Ferreira
Enviado por Martiniana Gomes Silva Ferreira em 20/02/2006
Código do texto: T114088
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Martiniana Gomes Silva Ferreira
Araripina - Pernambuco - Brasil, 49 anos
156 textos (9419 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:17)
Martiniana Gomes Silva Ferreira