Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades da Filha!

I
Doce lembranças é uma criança, cheia de esperança.
Férias acabou, para onde vou, sem ela quem eu sou?
Adeus ao pai, ela sai, é tão longe onde vai.
Fico aqui, olho dos lados, ali, aqui e ela não mais vi.
Ii
Vai minha pequena, seja serena, cuida-se e não se envenena.
No colégio estuda, divirta-se, coloque a bermuda, respeite não seja bicuda.
Tua flor de idade, para mim é vaidade, mas abrace a verdade.
Chore a dor, não fujas do amor e não esqueça a deus o louvor.
Iii
A distância me tortura, a tua candura, menina em sua formosura.
Nova e inocente, cresce de repente, cuidado há perigos na frente.
Vai meu amor pequeno, respeito o branco e o moreno, recuse o veneno.
Vai karol, brilhe seja o sol, pelo amor e educação lute em prol.
Iv
Sempre te esperando, às vezes orando, porque não chorando.
Tuas férias virão, vem ver teu irmão, detesto um não, dói no coração.
O tempo corre, o passado morre, mas tem o futuro; não chore.
Você é o futuro, não viva no escuro, sempre estarei a seu lado; eu juro.
 
Samoel Bianeck
Enviado por Samoel Bianeck em 26/02/2006
Código do texto: T116493
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Samoel Bianeck
Curitiba - Paraná - Brasil
79 textos (7083 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:08)
Samoel Bianeck