Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ir Embora

IR EMBORA

Ir embora,
Fugir para bem longe,
Correr desta realidade,
Desta vida angustiante.

Ir embora,
Fugir da proximidade vã,
Pra não sentir o desespero,
Que esta lógica  não permita,
O que o nexo insista em dizer não.

Ir embora,
Na certeza de abandonar,
Tudo e por tudo que se criou,
Tudo que um dia você amou,
Ficando apenas dentro de si
A lembrança deste amor,

Ir embora,
E não  se dar o direito de sonhar,
Nem ao menos tentar,
Esta vontade angustiante,
Que seria você ficar.

Recife, 1972
Carlos Marinho

Carlos Marinho
Enviado por Carlos Marinho em 11/03/2006
Reeditado em 12/03/2006
Código do texto: T121948
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Marinho
Olinda - Pernambuco - Brasil, 66 anos
63 textos (3943 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:14)
Carlos Marinho