Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***AMOR SOLITÁRIO***

***AMOR SOLITÁRIO***

 

 

 

 

 

Que pena!!!

 

Eu não tive tempo...

De sentir teu calor

Roubar-te um beijo

De ter em meus braços

 

Desejo-te muito.

Como te amei...

Amo-te ainda

E muito te quero.

 

Sonho contigo quase todas as noites,

E quando não sonho

No dia seguinte sinto seu perfume no ar.

 

 

Queria chamar-te “meu amor”!!!

 

 

Como eu gostaria que o tempo parasse...

Para ter uma nova chance

De tentar tudo de novo.

 

Eu poderia te mostrar o meu mundo

E não deixaria o tempo tirar

Tudo aquilo que eu poderia sentir

E aquilo que eu poderia te dar.

 

Queria ver seu lindo sorriso

No momento que eu te mostrasse o paraíso,

O nosso jardim iria florescer

Falaria de amor

E te faria feliz

Eu seria o teu amor

Tua cúmplice

Tua amiga

Teu tudo...

 

 

Contaria todos os meus segredos

Os meus sonhos

A vida que sempre quis

E tudo que desejei.

 

 

Pena!!!

Nem tudo pode se com queremos.

 

 

Nem as estrelas pude te mostrar,

Teus lábios doces não pude beijar,

Teu corpo não pude sentir

E mesmo assim...

Não poderei te esquecer

Por que vives dentro de mim

Faz parte de mim

E eu não posso te ter.

Que pena!!!

 

 

 

 

Autoria Nadir Vilela

(direitos autorais reservados)

Em 27-02-2006 Brasil-Angra dos Reis-RJ

Nadir Vilela Poetisa
Enviado por Nadir Vilela Poetisa em 12/03/2006
Reeditado em 16/03/2006
Código do texto: T122141

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir Vilela Poetisa
Itatiaia - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
572 textos (84742 leituras)
63 áudios (23024 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:36)
Nadir Vilela Poetisa