Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sempre que puder

Me veio um vontade de te olhar
De tocar teu rosto e te beijar
De acariciar sua orelha direita
E de aconchegar-me em teu peito

Quem dera agora ouvir tua voz
Sentir teu cheiro e tua pele
Teus braços me envolvendo
E teu desejo me devorando

Sempre que puder direi isso
para aliviar meus sentimentos
para sufocar as vozes de saudades
e não deixar o mundo saber de nós dois

assim, sempre que puder
vou sentir saudades
vou dizer adeus pra poder voltar
vou lembrar de tudo e do nada que fizemos

Sempre que puder vou te odiar
pra esquecer que te amei
sempre que puder vou tentar
te esquecer...
NENINHA ROCHA
Enviado por NENINHA ROCHA em 13/03/2006
Código do texto: T122670
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
NENINHA ROCHA
Guarapuava - Paraná - Brasil, 56 anos
310 textos (10916 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 12:04)
NENINHA ROCHA