Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA INSÔNIA


 
Essa maldita insônia,
viro e reviro, na cama vazia,
sinto falta do seu cheiro,
das noites de amor,
que não tenho.
 
Fico na janela de madrugada,
sentindo o frio que vem da calçada,
quero seu corpo quente, fremente,
trazendo a lembrança
de um amor vivido.
 
Onde estará você agora...
Pergunto a lua, que me olha,
ela sabe da minha dor
e sente comigo a perda,
desse amor.
Luiza Porto
Enviado por Luiza Porto em 15/03/2006
Código do texto: T123391
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza Porto
São Paulo - São Paulo - Brasil, 71 anos
468 textos (35408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:46)
Luiza Porto