Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA SEDE...MINHA FONTE...




Minha lágrima, meu sorriso,
Minha sede… minha fonte,
Minha angústia, meu Paraíso...
Sem palavras, mas com fervor,
Tudo isso meu amor
Tu eras para mim!...

Minha fome, meu cansaço, minha dor, meu alento...
Meu desejo, meu refúgio nas horas de desalento...
Meu conforto, minha luz, nas horas de escuridão,
De dôr, de medo e de aflição...
Sem palavras, mas com ardor,
Tudo isso meu amor
Tu eras para mim!...

Tudo isso eras, sim,
Mas tambem eras muito, muito mais...

O meu querido amor, o amigo grande demais.
O meu inseparável amante,
“Amante” na mais bela acepção do termo…
 Mais valioso que qualquer diamante!

Nossos corações em uníssono pulsando,
Nossas almas fortemente se enlaçando,
Nossos corpos constantemente se unindo,
Nossas emoções sempre mais se fundindo!...

E sempre assim foi sendo até à hora em que partiste!
E tal como o meu coração “ viu “, me sorriste!...

                         
            Meu Querido, Meu Amor, Meu Amante, Meu Amigo!...





































     
HELENA BANDEIRA
Enviado por HELENA BANDEIRA em 21/03/2006
Código do texto: T126386
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HELENA BANDEIRA
Portugal
397 textos (11665 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:23)
HELENA BANDEIRA