Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ausência

Já me sinto beija-flor
em vôo rasante
sobrevoando campo limpo.

Meio coagulado de dor
antevejo o infinito dos instantes:
Sem ti, quão grande saudade sinto!

Já diáfano este recinto
apresenta-se-me, do brilho dos olhos teus, distante;
Andam as horas e os dias sem cor

e engolem-me. Sorvo o absinto
amargo, acre do vazio constante;
Insossa, a lágrima rasa a íris e derrama-se incolor.
Cid Rodrigues Rubelita
Enviado por Cid Rodrigues Rubelita em 24/03/2006
Código do texto: T127883
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cid Rodrigues Rubelita
Curitiba - Paraná - Brasil
146 textos (4844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 01:57)
Cid Rodrigues Rubelita