Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEMBRANÇAS:


lembranças


Voando na imaginação
Dei carona pra saudade
Levei junto, à esperança.
E aquela doce lembrança
Do meu tempo de criança
Que não voltara, jamais.

Bons tempos foram aqueles
Que, se distanciaram de mim.
Hoje, só me restam, saudade.
Dos bons tempos, da verdade.
Pois, já não tenho a liberdade.
De viver, nesses dias atuais.

Pois, aos poucos vou perdendo.
Tudo aquilo, que eu conquistei.
Nos tempos, de minha infância.
Já não tenho, mais a confiança.
Nem mesmo, aquela inocência.
Que eu tinha, alguns anos atrás.

Tudo isso, faz parte do passado.
Onde, o fio do bigode, tinha valor.
E do meu pai, recebi por herança.
Mas hoje são apenas lembranças
Amargas, e nenhuma esperança.
Pois, o passado não volta mais.

Hoje, tudo o que resta na verdade.
E a liberdade de sonhar e imaginar
Mas não sei até quando este direito.
Deixará eu dizer, o que levo no peito.
Pois esta dor, que sinto não tem jeito.
Só me faz recordar, e dói, por demais.

                   Volnei R. Braga



Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 01/04/2006
Código do texto: T132082
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:07)
Volnei Rijo Braga