Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ADEUS, EU JÁ VOU

O  sorriso que  me  deste
E  o  olhar que me  fitou
Já não posso carregá-los.
Adeus, eu já vou.

Sou poeta, sou dançarina,
Não  tenho lugar  cativo
Passo aqui e ali e me vou
E me perco no destino.

Sou  como  o    pirilampo
Hoje  vivo e lanço  brilho
Amanhã sou cinza morta.

Não  posso   dizer-te  até
mais, digo adeus pois vou
embora...minha estrada é
diferente,  tem   ida  mas
não tem volta.

Ando  a  procura  de  um
compasso  para  circular
minha vida, quero  ver  o
que sobrou das esperanças
perdidas.

Não levo sua promessa no
sorriso que sobrou, deixo
para  você  a  lembrança
Da  palavra  que  ficou.
Adeus, eu já vou.




Lumar
Enviado por Lumar em 05/04/2006
Reeditado em 05/04/2006
Código do texto: T134247
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lumar
Goiânia - Goiás - Brasil
52 textos (6491 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:58)
Lumar