Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espaços Vazios

É como se encontra todo o meu ser desde que partiste,
Deixando-me no ar, sem vontade nem de respirar.
Respirar prá quê, se não posso sentir o cheiro de teu corpo?
Não existe objetivos gloriosos em uma vida sem teu amor,
Existe sim...vazios de ti.
 
Será que não percebeste até agora a falta que me faz?
Que não importa o que estavas a passar,
Que de ti irei sempre me lembrar,
Pois quem realmente ama não perdoa,
Pois nada tem a perdoar.
 
Sinto as tuas desesperanças, o teu receio de voltar a me procurar,
Achando que de ti não mais gostaria de ouvir falar,
Ficando a sofrer calado, acabrunhado,
Também sentindo o meu vazio em ti.
 
Tenta amor...vem, me chama,
Saia dessa concha de dúvidas,
pois verá que te receberei de braços abertos,
Mostrando-te que meu amor é maior que tuas incertezas,
que já não agüenta os espaços vazios no meu coração.
 
Sandra Wajman Gruner
Sandra Wajman Gruner
Enviado por Sandra Wajman Gruner em 18/04/2006
Reeditado em 18/04/2006
Código do texto: T140860
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Wajman Gruner
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
116 textos (7134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:18)