Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mudança



Na vitrola um vinil qualquer,
daqueles que nos deixa vagar,
pensamentos soltos, vejo lá fora...
a chuva caindo, intensa.
Quase tanto como minhas lágrimas,
aquelas que foram tuas a um tempo,
o tempo passou leve, solto,
o tempo voou...
Hoje me vejo no espelho diferente,
naquela época era criança,
criança que brincava de passarinho,
criança que voava solta,
lembra?
Nossas longas conversas ao pé
da lareira,
em dias assim...
sorriamos e você brincava
com meus cachos...
eu apenas ria!
Riso leve, solto, como o tempo!
Era tão bom toda aquela magia...
Hoje me restou a lareira,
cheia de teias,
a casa, escura e empoeirada,
a vitrola e os vinis nostálgicos...
No espelho faz tempo
que mora uma outra pessoa.
Não a conheço, nem nos apresentamos,
mas sei que sou eu.
Cabelo grisalho, é engraçado...
o vinil acabou, vou trocar,
pintar os cabelos,
continuar a caminhada!
Luandra Russo
Enviado por Luandra Russo em 19/04/2006
Código do texto: T141906
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luandra Russo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
110 textos (8584 leituras)
1 e-livros (33 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:43)
Luandra Russo