Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA ROSA DOS TEMPOS

Sem esquecer os segredos
os dias passam ligeiros
e eu nao os sinto acordar;
vou temendo pesadelos
Acordam os dias ligeiros
e eu nao os vejo passar

Na mare' da madrugada
seu amor e' asa aberta no ceu
e' alvorada a sobrevoar meu jardim
orvalhando em revoada
esse canteiro que ora floresce em mim.

Uma rosa vem brotando em nosso cheiro!
Gosto de te ouvir cantar
no som das aguas do rio
que corre bandoleiro
e vai se guardar no mar

Companheiro desses dias marinheiros,
nao consigo esquecer
que os dias la' fora passam ligeiros
e, dentro, lentos sem voce
E parece infinda as horas, companheiro
e eu me sinto adolescer

Uma rosa vem brotando o nosso cheiro
Que saudade de voce!


D.V.
03/95

Copyright © 2003-2006 Dulce Valverde
All Rights Reserved
DULCE VALVERDE
Enviado por DULCE VALVERDE em 14/05/2006
Código do texto: T155778
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e link para o site " http://recantodasletras.uol.com.br/autor_textos.php?id=6199 "). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
DULCE VALVERDE
Estados Unidos, 46 anos
390 textos (10859 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:47)
DULCE VALVERDE