Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Duvido

Duvido que da serena noite que a ti cobre,
Ressalte o orvalho que eu expiro.

Duvido que da boca que eu beijei,
ainda tenha o favo de mel que aí existia.

E ainda duvido, que teu corpo permaneça o mesmo
depois que eu deixei de afagá-lo.

De ti, o que restou de mim,
Foi quase um nada,
Mas um nada tão grande, que ninguém perceberá
que um dia foste minha.

Pois, dos doces traços que existiam em teu rosto
Só restou a expressão.

Expressão de quem um dia conheceu a felicidade
e nunca,jamais, poderá tê-la novamente.

Pois minha ex-amada,
A felicidade passou
E você, abriu a porta para ela sair.
Carla Alexandre
Enviado por Carla Alexandre em 17/05/2006
Reeditado em 18/05/2006
Código do texto: T157931

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cartla Alexandre B Sousa). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carla Alexandre
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
28 textos (28358 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:20)
Carla Alexandre