Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deploro, toda noite, a distância entre nós

Deploro, toda noite, a distância entre nós
Verdade! Toda noite eu deploro
Por, de tão longe, não ouvir minha voz
Menos ainda, quando por saudade, eu choro.

Receio ainda que tal distância algoz
Que separa quem eu quero de onde moro
Que a minha loucura se torne mais feroz
De forma tal que adiante meu velório.

Queria, já, descer da forma mais veloz
Te achar e fazer aquilo que mais adoro
Olhar-te a conteplar tua beleza, fazer-te foz!
A distância entre nós, toda noite, deploro.




(A quem amo, mesmo sem poder...)
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 18/05/2006
Código do texto: T158544

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:11)
Júnior Leal