Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOSTALGIA


 NOSTALGIA
Nossa vida é de ansiedade... tal a vaga
Que se ergue ao sabor do vento na areia
Aplica-se o bem que a sua mão semeia
A espera o mal que terá como paga.

Nessa boa hora que tudo satisfaz e enleia
Aparece uma outra amarga e tão aziaga
Nossa vida é assim... como canto da sereia
Depois vem o fim, que abraça e nos afaga.

Nossa melhor sonho pouca coisa dura,
Pois há sempre “um amanhã” pleno de dor
Para “um hoje”, quase sempre de ventura...

Recolhe em tua mãos o búzio da alegria
E verás surpresa que no interior
Canta a imensa profundez da nostalgia.


tancredo
Enviado por tancredo em 29/05/2006
Código do texto: T165216
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tancredo
Valença - Rio de Janeiro - Brasil, 76 anos
118 textos (65473 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:19)
tancredo