Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AH! SAUDADE (I)

Ah! Saudade que eu tenho
Daqueles rádios à válvula,
Tempos idos da juventude,
Tempos idos as válvulas “esquentar”,
Tempos idos os amores “esfriar”,
As musicas das valsas, polcas,
E  os “Ritmos de la Noche”
O som e a lembranças desvanecer.

Ah! Saudade que eu tenho
Os bailes das fazendas,
As tulhas e os paióis
Os discos de “78”
O jovem de “18”.

A vida muda sempre de rotação,
Agora tem o velho de “78”
O jovem vive na liberava
E a Saudade eterniza.

Ah! Saudade que eu tempo,
Daquelas moiras-encantadas
A Marianinha, a Rosinha, ect.
Sempre está o diminutivo,
A Saudade e a lembrança
Sempre está o aumentativo.

As fazendas, tulhas e paióis?
Os discos de “78”.
O destino tempo
Cobriu com o asfalto.

(D’Eu)
Sidnei Levy
Enviado por Sidnei Levy em 17/05/2005
Código do texto: T17473
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sidnei Levy
Campinas - São Paulo - Brasil, 71 anos
298 textos (20822 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:15)
Sidnei Levy