Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADE


Nosso amor nasceu num instante
vestido de sonhos de felicidade,
hoje está longe, tão distante,
tão perto na mesma cidade.

Implacável, o tempo ri com desdém
dos meses que ele próprio escreveu
e eu, saudosa, não falo a ninguém
deste sentimento, tormento meu.

Saudade dói, e eu te chamo
toda noite ao me deitar
entre lágrimas murmuro que te amo
e que nunca deixei de esperar,

o momento de viver nova vida,
porque sei que me tens na lembrança.
Eu estarei, amor, no fim da descida,
braços abertos como criança;

esperando que venhas com a alvorada,
como estrela brilhando no espaço,
minha saudade aqui te aguarda
para envolver-te em forte abraço.

17/06/06.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 17/06/2006
Código do texto: T177043

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
SAUDADE - Maria Hilda de Jesus Alão
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343099 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:28)
Maria Hilda de Jesus Alão