Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADE

Sinto saudade dos que partiram
Sinto saudade dos que se afastaram,
Saudade do que passou,
Da infância, de brincar na calçada.

Saudade da minha ingenuidade
Da época em que não conhecia
As tristezas mundanas,
Os males humanos.

Saudade das minhas bonecas,
Dos meus contos de fada,
Do meu sono profundo,
Da minha vida repleta de calma.

Ai que saudade da PAZ
Da união, da tranqüilidade
Saudade de um mundo sem guerras,
De um mundo sem violência.

Como a harmonia faz falta!
Como a rivalidade desgasta!
Como a soberba maltrata!

Por que tanta crueldade?
Por que tanta maldade?
Não sei o porquê,
A mim só resta a saudade.
Manuella Moraes
Enviado por Manuella Moraes em 25/06/2006
Código do texto: T182119
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Manuella Moraes
Maceió - Alagoas - Brasil, 28 anos
24 textos (3829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:22)
Manuella Moraes