Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
À deriva

Assim como nau sem leme
No acaso da imensidão perdida
Meu sentimento revolto
Mergulha na turbulência,
Ondas agitadas devoram a sanidade...

Pensamentos consumem a saudade
Procurando no anonimato
A resposta advir-lhe,
No vazio do infinito
Tua silhueta aos olhos aclodir.

As mãos tocam o nada,
O espírito materializado no quociente
Invade minha falta,
Em águas escuras navego
A procura de luz.

Ida sem vinda
Fez enfermo meu coração,
Até o vento dói.
O adeus ficou
Como uma flor...
Jamaveira
Enviado por Jamaveira em 15/07/2006
Reeditado em 03/08/2006
Código do texto: T194839
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jamaveira
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 62 anos
1943 textos (95975 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:16)
Jamaveira