Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Irrompem estrelas de água
de meus olhos.

Caem como pétalas
de outono,

No coração primaveril que
bate dentro do peito.



Onde estarás tu,
meu príncipe perfeito,

Que forçando cercas
de espinhos

procuravas em ânsias
o meu leito?



E os braços que sempre
te abria

Eram tão de açucena como
da vez primeira.





Onde estarás tu,
meu cavaleiro amado

cuja espada irrompia
em flama sua caminhada

Que era tua e minha,


nossa
alvorada estelar
azul e rosa?



Estrelas de água sulcam
o rosto esmaecido

Que mais não é por teu olhar
beijado

Pois não mais sei de ti,
príncipe amado,

Nem qual de nós perece em
maior desespero!



Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 18/07/2006
Reeditado em 11/09/2006
Código do texto: T196739
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Petronilho (registo www.igac- ref 2276/DRCAC - Ministério da Cultura, Portugal)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Petronilho
Almada - Setúbal - Portugal, 64 anos
1238 textos (130533 leituras)
60 áudios (14347 audições)
9 e-livros (5156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:37)
Maria Petronilho

Site do Escritor