Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade

Saudade é uma lágrima
que rola na alma
de um poeta sem inspiração

Saudade é uma nota desafinada
que soa na apatia de um músico
que por ora perdeu o tesão

Saudade é a rosa murcha
no campo da solidão
É um espinho que machuca a emoção

Saudade palavra engasgada
nesses tolos e entristecidos versos
quebrando a esperança

Visão de um bem desfeito
em consolo gestos
daquele olhar
no direito anular aliança

Se conformar
no esquecido olhar
na lembrança sentida
substituir, se enganar

Se torna distante
esquecer um  rosto
Se torna difícil
gozar o gosto

Amargo sabor do nada
como um dia após o outro
estranho fosso

Saudade é querer
depois, muito depois
acordar e viver
Plínio Sgarbi
Enviado por Plínio Sgarbi em 21/07/2006
Código do texto: T198500
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Nostalgia - Plínio Sgarbi
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Plínio Sgarbi
Jaú - São Paulo - Brasil, 54 anos
241 textos (218207 leituras)
21 áudios (3298 audições)
5 e-livros (510 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:49)
Plínio Sgarbi