Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MORTE SE APROXIMA

Já se passou tanto tempo
Eu aqui a pensar
O por que todos
Resolveram me abandonar;

Vivo só, numa casa humilde
Com um cachorro amigo
Queria que meus amores
Viessem viver comigo;

Meus  movimentos são lentos
Minha audição é falha
Já perdi a conta de quantas vezes
Me cortei com a navalha;

Tenho as mãos trêmulas
Minha visão é deficiente
Guardo os dentes num copo
E estou sempre doente;

Sei que a morte está próxima
Mas não fugirei
Vou estar preparado pro chamado
Quando ela vier dizendo: “Cheguei!”
Damaso
Enviado por Damaso em 24/07/2006
Código do texto: T201048
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Damaso
Rio Manso - Minas Gerais - Brasil, 34 anos
326 textos (17038 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:26)
Damaso