Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALQUIMIA

Fiz-me poeta
sem ser.
Tornei-me profeta
sem querer.
Sonhador olhei-te
e te vi brancura;
solitário agora,
ando à procura.

Busco assim,
suprema alquimia
de trazer em mim,
a clara alegria;
fazer da lua
e das estrelas,
a presença tua.

E canto serestas
prá quem ouvir,
que no peito
o que  resta,
é dolorido calo
à doer sem jeito,
toda vêz que falo!
Riva
Enviado por Riva em 31/07/2006
Código do texto: T206109
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Riva
Peruíbe - São Paulo - Brasil
1075 textos (31485 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:55)
Riva