Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sentado...

Sentado...

Aqui sentado
Sentado aqui
Muitas coisas passam pela minha cabeça
O primeiro amor, a primeira viagem...
Situando se no meio do nada
No nada construído
No nada imaginário
No nada, que seria um tudo...
Talvez possíveis sonhos?
Talvez renovação?
Partido com a emoção
Um rádio novo
Musicas soam aos ouvidos
Antigas, MPB, rock...
As memórias vagam
Vagam pelo timbre da voz
Vagam pela solidez de aparelhos complexos
Pelas gotas de águas que caem rumo ao telhado
Fazendo uma solidificação logo após
Renovando seu ciclo
Como e lindo?
Renovar, relembrar, revelar, recriar...
Renovar, o tempo.
Relembrar, o passado.
Revelar o que mais nos marcou
As amizades, os amores, as brincadeiras.
E recitar os mais lindos versos...
Como e lindo sobreviver do passado
Como e lindo alimentar se desse tempo nas horas
De puro ébrio... Aqui sentado...
Marcos Roberto de Oliveira
Enviado por Marcos Roberto de Oliveira em 01/08/2006
Reeditado em 01/08/2006
Código do texto: T206894
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Roberto de Oliveira
Francisco Morato - São Paulo - Brasil, 36 anos
161 textos (9672 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:19)
Marcos Roberto de Oliveira