Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ESCRITOR


Em minhas fábulas havia livros
Em meus livros havia várias fábulas
Em cantos eu vi os escritos
A escrita estava em algum canto

Não havia mais manuscritos
Os manuscritos não estavam nos papéis
A prisão foi à evolução
A evolução era minha prisão

Deixei de ser o poeta
O poeta deixou sua vida
Tentei ser meu destino
Mas meu destino fui ser eu mesmo

Agora não batem mais os sinos
Os sinos deixaram minha terra
Não há mais tempo para escritas
A escrita deixou o seu tempo


Daykon
Enviado por Daykon em 10/08/2006
Código do texto: T213165
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daykon
Santa Fé - Paraná - Brasil, 33 anos
46 textos (1217 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:41)