Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CHAVE OCEANICA :O MEU CORAÇAO.

Quando fecho os meus olhos ,
numa tarde quente e sombria;
escuto a sua voz aspera no meu ouvido.
O seu elegante sorriso me distrai mais uma vez.
A sua dor também persegue todo o meu pouco entusiasmo.
o sol apenas revela uma iamgem desfocada sobre a mesa;
é a sua foto abandonada.
os lindos passaros juntam-se numa bela sinfonia,
para orquestrar a alegria de viver longe...
um  ser é uma vida ambulante,
mas voce apenas será uma lembrança esfumaçada,
pela tecnica de um desenhista do sentimento.
espero dormir e quando acordar;
esse dia nunca mais será lembrado,
pelas profundeza da minha mente.
vou te prender,
espero que nao saia daí.
dorma o suficiente,
pois jogarei fora a uinica chave que poderá abrir,
essa sua prisao:o meu pobre e doentio CORAÇAO.
POETA JOSE MARIO DANTAS
Enviado por POETA JOSE MARIO DANTAS em 14/08/2006
Código do texto: T216394
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETA JOSE MARIO DANTAS
Caicó - Rio Grande do Norte - Brasil, 42 anos
121 textos (4662 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:43)
POETA JOSE MARIO DANTAS