Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
SOLIDÃO DO POETA


Na madrugada tudo silencioso
na noite de temperatura tão fria
com uma paisagem assim sombria
o coração do poeta fica nebuloso

nebuloso pelo vazio da imensidão
sozinho, prisioneiro da ansiedade
ansioso por uma grande saudade
uma saudade abraçada com a solidão

sua alma está dolorida, toda inquieta
tenta e arrisca criar uma poesia
só e perdido na dor dessa agonia
versos choram a tristeza do poeta...

======================


A CIRANDA "SOLIDÃO"
Paulo Nunes Junior

para ler outros autores acesse
http://www.mensageirosdoamorbrasil.com.br/cirandas/solidao/index.htm
seu carinho no livro de visitas será bem-vindo



Para ver o Ebook:
http://www.mensageirosdoamorbrasil.com.br/ebook/solidao.htm


Gentilmente divulgado no blog da poetisa Arethuza Vianna:
http://amigosepoemas.blogspot.com/
sua visita será muito bem-vinda







Sueli do Espirito Santo
Enviado por Sueli do Espirito Santo em 17/08/2006
Reeditado em 22/05/2013
Código do texto: T218463
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sueli do Espirito Santo
Santo André - São Paulo - Brasil, 65 anos
1456 textos (234553 leituras)
1 e-livros (109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:46)
Sueli do Espirito Santo