Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEI QUE VIVES... ( republicando)

Bem sei que estás muito além da terra e do mar!
Entretanto, quando respiro estás no mesmo ar
que me dá vida e me sustenta na amargura da saudade!
Nestas noites estreladas fito em prece a imensidão
e procuro, dentre os astros lá no céu, uma estrela coração,
e lá estás, entre o sonho e a realidade!

Vem... Chega-te mais! Sei que me sondas...
Vem, acerca-te sem medos. Vem sentir as ondas
que de Iemanjá vem nos trazer de volta as flores!
Alvas espumas beijando a branca areia,
onde a sombra deste amor inda vagueia
entre soluços de pungentes dores!

Vem... Posso escutar teu pensamento...
Posso sentir a tua dor, teu sofrimento
a me dizer de tanto amor!
Vem... Olha o infinito que te convida,
em prece, a me esperar na verdadeira vida,
neste raio de Luz que leva ao Criador!

Nelson de Medeiros

Att. Poema registrado na forma da Lei dos Direitos Autorais
     Ao reproduzir, citar a fonte.
Nelson de Medeiros
Enviado por Nelson de Medeiros em 21/08/2006
Reeditado em 28/08/2006
Código do texto: T222142

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson de Medeiros
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
494 textos (66426 leituras)
11 áudios (2996 audições)
1 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:14)
Nelson de Medeiros

Site do Escritor