Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anos depois.

De braços abertos receber-te em pranto,
Como velhos amigos distantes. Há tempos.
Nada é igual ao que foi,
Mas nada é diferente também,
Como dois antigos cúmplices.
Calejados e soturnamente enfraquecidos,
Nobres envaidecidos,
Pobres e vacilantes,
Éramos iguais, tal qual antes,
Éramos diferentes e tão distantes,
Dois grãos de areia,
Irmãos por essência e poesia.

 
Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 22/08/2006
Código do texto: T222606
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
455 textos (14412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:59)
Leo Magno Mauricio