Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dor da saudade



Amanhã...
quando o sol nascer
estarei deixando a cidade
pra voltar, pro meu sertão.
levando, a alma ferida.
pela dor da saudade

por isso vou
buscar minhas raízes
que a muito deixei pra trás
por causa do meu egoísmo
errei na escolha que fiz
e isso dói de mais

eu queria
um mundo diferente
por isso deixei o sertão
hoje eu parto consciente
dos erros que cometi
pra viver de ilusão

hoje, quero ouvir.
ao raiar de cada dia
o clarim das madrugadas
cantando sob minha janela
a mais bela das sinfonias
no cantar da passarada

na cidade plantei
apenas tristezas eu colhi
hoje chora, minha alma e eu.
mas sei que isso vai passar
no momento que eu pisar
aquele chão que foi meu.

Vovonei

Balneário dos Prazeres: 1998






Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 27/08/2006
Código do texto: T226411
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:18)
Volnei Rijo Braga