Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo Adormecido

Paira no ar um silêncio profundo.
Me vejo perdido, abandonado.
Sinto minha alma ferida e desprotegida
Carente da ternura e do sorriso
Da estrela mais linda,
Do anjo que adormece em estado de graça

A beleza do encanto do olhar suave
A sedução pura do abraço fraterno
A magia do calor que trazia alegria, ainda me comove.
A energia que me tocava levemente,
E eu regressando nas lembranças pelo caminho
Que meu anjo percorreu tão divinamente

Ah! Meu Deus,
Daria tudo por um único instante,
Para ouvir sua voz e sentir o seu semblante
Parar o tempo e, novamente abraça-la
Ver o tempo voltar no que era antes.

O anjo que adormeceu eternamente,
Me fez triste e tão carente
E olham como é o destino:
Me sinto um menino
Órfão de brinquedo
Que acredita que seu anjo
Vai voltar, vai brincar.
E tudo será como antes.....
Edimilson Eufrásio
Enviado por Edimilson Eufrásio em 09/09/2006
Código do texto: T236277
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edimilson Eufrásio
Mineiros do Tietê - São Paulo - Brasil
112 textos (6106 leituras)
1 e-livros (37 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:00)
Edimilson Eufrásio