Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ocaso de paixões... 

                                         Oriza Martins

Eu tive uma existência 
De casos fatais...
Sorri, cantei, dancei, 
fiz amor na relva...
Em insanos êxtases 
Me  evaporei,
Disputei amores 
Qual fera na selva...

Vivi cada dia 
Como o derradeiro,
Pisei corações, 
Fui inconseqüente...
E nessa frenética 
E louca jornada
Distribuí prazeres... 
Generosamente...

Noitadas infindas 
Me alucinavam,
Variadas gamas 
De felicidade...
Momentos incríveis 
Que eu - só - agora,
Busco vislumbrar 
Nas luzes da saudade... 

Arrependimentos?... 
São muitos e poucos,
Delícias gozei, 
chorei e sofri...
Leal, infiel, 
amei, desamei,
Mas só me arrependo 
do que não vivi...

De cabelos brancos, 
Vejo nas lembranças,
Que as paixões, 
Embora cheguem ao ocaso,
Deixam na memória 
O sutil aroma
De cada instante... 
Cada intenso caso...

Se esgotei meu ser 
Neste picadeiro
Que é a própria vida 
- circo de ilusões -,
Neste meu outono, 
A solidão compenso
Com a companhia 
Das recordações...

============================
Visite minhas páginas:

Poemas:
www.orizamartins.com/poesias.html

Reflexões:
www.orizamartins.com/reflexoes.html

Seresta:
www.orizamartins.com/seresta.html
Oriza Martins
Enviado por Oriza Martins em 28/09/2006
Reeditado em 01/10/2006
Código do texto: T251863

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para "www.orizamartins.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Oriza Martins
São Paulo - São Paulo - Brasil
58 textos (263571 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:29)
Oriza Martins