Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conjugando...

Hoje perguntei ao sol
porque comigo nao estás
ele nada me respondeu
em sua mudez se escondeu,
por trás das nuvens...ficou.
Olhei as árvores, silentes
e perguntei a elas, insistente
onde está o meu amor...
sabem se por aqui passou?
Caladas permaneceram, altaneiras
e em meu andar continuei
buscando um fim pra minha dor.
Foi muito depois que o vento
apiedado do meu tormento
disse em suave cançao:
nao sofra assim, nao se atormente
trago-te de muito longe
 um afago e um beijo ardente
daquele que é tua paixao
agora sorri, e me oferta
para que entregue de volta
a ele uma tua resposta.
E assim dancei ao vento
entregue aquele momento
á brisa, meu sentimentos
todos eles eu dei.
Se a ti foram entregues
foi pela piedade do vento
que vendo meu sofrimento
fez-se um servo, do amor.
Voltou o sol a brilhar
as nuvens foram-se embora
balouçam as arvores agora,
e o vento? este ri e brinca
conjugando o verbo amar.


Liane Furiatti
Enviado por Liane Furiatti em 05/10/2006
Reeditado em 20/01/2009
Código do texto: T257083
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
Liane Furiatti
Curitiba - Paraná - Brasil
776 textos (34946 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:14)
Liane Furiatti