Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto








"VOLTAREI UM DIA"


Como era bom minha amada
nós dois deitados na rede...
a violinha na parede
e o barulho do mar;
ah! Que saudade minha senhora!
Queria estar lá agora
naquela casinha velha
onde o sol nascia cedo
cercada de arvoredos
por que, que fui vir embora?!
Minha juventude ficou lá
quando eu me deito, eu sonho
vejo-me, naquele lugar...
sei que antes de morrer
juntinhos, eu e você
ainda hei de voltar!
Aqueles coqueiros magros
com os troncos enviesados
de frutos bem carregados
com as palhas a balançar...
de manhã cedo a areia
estava de cocos cheia
eu e você íamos catá-los;
naquela cabana havia
muita paz e calmaria
quando me lembro, até choro...
de voltar tenho esperança
são as eternas lembranças
daquele cantinho que adoro!






Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 08/10/2006
Código do texto: T259745
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
3870 textos (257192 leituras)
185 áudios (36330 audições)
9 e-livros (7402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 12:04)
Antonio Hugo

Site do Escritor