Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIAMANTES

Diamantes escondidos
vão surgindo na memória.
Posso tocá-los.
Histórias que vivi,
pessoas,
tudo se ergue
diante de mim.

Portas abertas,
janelas,
casas ardendo sob o sol.
Tudo retorna,
no meu peito,
em minha mente.
Eu, menino, corro
pelas ruas de meu lugar.

Por que estou triste?
São diamantes que surgem,
são minha riqueza.
Mas entre mim e essas pedras,
há uma barreira de ontens.

E o ontem é intransponível.
Francisco C
Enviado por Francisco C em 10/10/2006
Código do texto: T260922

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.franciscocampos.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco C
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 48 anos
363 textos (25669 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:49)
Francisco C