Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANTIGAS DE NINAR

 
Sonhos adubados
em lágrimas silenciosas.
Horas de solidão,
sonhos podados
se arrastam na lentidão
do silêncio... 
 
Tempo sem pressa,
ainda há luz na escuridão.
Na grande tela
 reluzem  astros
que tecem
 luminosa aquarela.
 
No meu sombrio quarto
um vazio que enlouquece.
Lá fora vida a passar...
Junto com o canto do vento
 ilusões entoam,
antigas canções de ninar
que a alma aquece...

 
06/10/2006
 
Anna Peralva
Enviado por Anna Peralva em 13/10/2006
Reeditado em 12/06/2011
Código do texto: T263808
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Peralva
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
1582 textos (60691 leituras)
3 e-livros (572 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:23)
Anna Peralva