Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COM SAUDADE, FLÔRES

Vem a lágrima, fria amargura,
chora o coração, lastimoso pranto;
gotas amargas da perdida ternura.

Vem o triste, desconsolado verso,
letras chorando o fim da paixão
e em tristeza tanta, imerso.

Vem a saudade em rubras côres,
peito adentro, entristecendo a alma;
murchas rosas, desfalecidas flôres.

Então, engolindo as mágoas sentidas,
ramalhetes faço, só de agonias;
junto desilusão, tristezas vividas
e mando-te em pétalas o amor que havia.
Riva
Enviado por Riva em 17/10/2006
Código do texto: T266745
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Riva
Peruíbe - São Paulo - Brasil
1075 textos (31486 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:16)
Riva