Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ah! Saudade...

Ah! Se adiantasse
apenas esconder-me em meu quarto,
apagar as luzes e imaginar
mais um abraço...

Ah! Se a saudade
não fosse cega, surda e manca,
se ela trouxesse rápido
o objeto que se perdeu
num rio raso de lágrimas,
transformado em oceano...

Ah! Se a saudade pudesse
transformar recordações
amarelecidas e órgãos
e tecidos, em cores,
sapatos e vestidos,
em cabelos, calor e alaridos...
eu te daria o beijo
que em meu peito
vive adormecido.
Hernany Tafuri
Enviado por Hernany Tafuri em 20/10/2006
Código do texto: T268916
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hernany Tafuri
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 34 anos
188 textos (11337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:56)
Hernany Tafuri